Combate à caça: BPMA efetuou apreensões durante operação em Tejuçuoca

Policiais Militares da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (3ªCia/BPMA), da Polícia Militar do Ceará, apreenderam,  na manhã do domingo (11), seis armas de fogo durante policiamento ambiental. O armamento era utilizado para a prática de caça ilegal de animais da fauna silvestre no riacho do Sangue, zona rural do município de Tejuçuoca.

Em patrulhamento ostensivo, a composição militar avistou cerca de oito indivíduos com um vasto material de caça. Nesse momento, ao notarem a presença policial, o grupo empreendeu fuga em direção a uma vasta área verde.

Foram realizadas buscas no local, mas ninguém foi preso. Entretanto, os militares encontraram próximo à uma cerca de arame farpado: quatro espingardas tipo socadeira, duas espingardas tipo cartucheiras calibre 32 e 28, cinco recipientes com pólvora, quatro saquinhos de chumbo, quatro caixas de espoleta, três lanternas, armadilhas para captura de animais e outros objetos usados para a prática de crime ambiental.

O material foi apresentado na Delegacia Regional de Itapipoca. Os policiais militares continuam em diligências em busca dos suspeitos.

A PMCE ressalta que matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, é crime com pena de detenção de seis meses a um ano, e multa (artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais). A população pode realizar denúncias de crimes ambientais através do número 190.

 

Fonte: Imprensa PMCE

Mário Almeida


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO