Municípios do CE ficam fora da primeira aprovação, pelo TSE, de tropas federais para reforçar segurança nas eleições

O Estado do Ceará ficou fora da primeira aprovação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dos pedidos para o envio de Forças Federais com vistas a garantir mais segurança aos eleitores, candidatos e mesários nas eleições municipais de 15 de novembro. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprovou, no último dia 10 de outubro, o pedido de reforço de tropas federais para o primeiro turno das eleições nas cidades de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral, Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Pacajus, Horizonte e Itaitinga.

O pedido recebeu o aval do governador Camilo Santana, mas não entrou na pauta da sessão do TSE dessa terça-feira que aprovou o envio dos militares das Forças Armadas para 348 cidades de 7 estados brasileiros. A expectativa é que a solicitação feita pelo Tribunal Regional do Ceará entre, a qualquer momento, na pauta de votações do TSE.

O objetivo do auxílio das tropas federais, segundo o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, é garantir que o processo eleitoral transcorra de forma ordeira e tranquila, além de assegurar o cumprimento de determinações legais do pleito eleitoral, conforme previsto no inciso 14 do artigo 23 do Código Eleitoral.

FONTE: Ceará Agora

Wesley Martins


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO