Em Tejuçuoca Britinho acaba com hegemonia de 16 anos de Edilardo e Nonatinho mantem domínio em Irauçuba

O candidato a prefeito pelo município de Tejuçuoca, Antonízio de Brito (PSD) venceu as eleições municipais contra a atual prefeita, Heloilde Estevam (MDB). Britinho, como é conhecido, obteve 7.476 votos (59.10%), contra 5.174 (40,90%) da adversária. A vitória encerra um domínio de 16 anos do grupo político comandado pelo ex-prefeito Edilardo Eufrásio (MDB) em Tejuçuoca. Edilardo, que é esposo de Eloilde, foi prefeito de 2005 a 2012, elegeu seu sucessor, Valmar Bernardo (MDB), que governou o município entre 2013 e 2016, e no pleito de 2016 conseguiu eleger sua esposa.

 

Britinho, que atualmente exerceu o cargo de vereador, teve como companheiro de chapa o também vereador Guto Mota (PTB), filho do ex-prefeito João Mota (PTB). A dupla contou ainda com o apoio do deputado federal Danilo Forte (PSDB) e do deputado estadual João Jaime (DEM), ex-aliados de Edilardo. A eleição em Tejuçuoca teve 9,64% de abstenção, 0,78% votos brancos e 2,72% votos nulos. Britinho tem 35 anos, é casado, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de engenheiro.

 

Irauçuba

 

Na cidade de Irauçuba a candidata Patrícia Barreto (PDT), esposa do ex-prefeito Raimundo Nonato Souza Silva (PDT), foi eleita com folga para o cargo de prefeita. Patrícia obteve 9.165 votos (62,92%) contra 5.402 votos (37,08%) de sua adversária, a advogada Heloísa Pinto Araújo, do MDB. Este é o sexto pleito municipal consecutivo em que Nonatinho consegue vitória. Ele governou o município entre os anos de 2005 e 2012, elegeu seu sucessor, Zé Mota, em 2012, voltou a eleger-se prefeito em 2016, após uma disputa eleitoral contra o próprio Zé Mota, após os dois romperem politicamente, e elegeu a atual prefeita Geraldina Braga (PSD) em pleito suplementar ocorrido em 2019. Nonato teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral naquele ano sob acusação de abuso de poder econômico nas eleições de 2016.

 

A eleição em Irauçuba teve 11,54% de abstenção, 1,22% votos brancos e 4,21% votos nulos.

 

Patrícia Barreto tem 35 anos, tem superior incompleto e declara ao TSE a ocupação de diretora de empresas.

 

 

Mardem Lopes


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO