Embates entre candidatos vão parar na Justiça e afetam discussões

A quatro dias para os eleitores retornarem às urnas, momentos de embates entre os candidatos ao Executivo de Fortaleza na propaganda eleitoral no rádio, na TV e nas redes sociais têm ofuscado o debate sobre planos de governo para a Capital, provocando demandas na Justiça, avaliam especialistas. Para eles, as promessas são menos exploradas, nesses momentos, porque se gasta tempo com os ataques e para tentar obter direito de resposta na Justiça – algo que ocorre desde o primeiro turno.

Desde o início do horário eleitoral gratuito, ainda no primeiro turno, várias ações foram ajuizadas na Justiça Eleitoral pelos concorrentes ao Executivo da Capital, que apontavam alguma irregularidade na propaganda política dos adversários. Os principais embates judiciais envolveram confrontos entre Heitor Freire (PSL), Heitor Férrer (SD), Luizianne Lins (PT), Sarto Nogueira (PDT) e Capitão Wagner (Pros). De lá para cá, pelo menos 14 decisões foram proferidas por juízes eleitorais contra propagandas de candidatos ao Paço Municipal, que envolvem desde direito de respostas a inclusão de sobrenome em logomarcas.

FONTE: Diário do Nordeste

Wesley Martins


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO