Fim do ciclo de pagamentos do auxílio gera apreensão no setor produtivo

Diante da possibilidade do fim do auxílio emergencial a partir de janeiro de 2021, setores da indústria e do comércio mostram preocupação com a perda desses recursos em um momento no qual algumas atividades ainda estão dando os primeiros passos de um longo e doloroso processo de recuperação. Nesta semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que, diante da queda dos casos de Covid-19 e da “forte retomada econômica”, o benefício deverá ser extinto no fim deste ano. “Do ponto de vista do Governo, não existe prorrogação de auxílio emergencial”, enfatizou Guedes.

FONTE: Diário do Nordeste

Wesley Martins


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO