MPCE recomenda lockdown em três cidades cearenses após aumento de mortes por Covid-19

O Ministério Público do Estado do Ceará recomendou nesta segunda-feira (31) que os municípios de Jati, Penaforte e Porteiras, na Região do Cariri, adotem isolamento social rígido, em razão da elevação no número de mortes por Covid-19 constatadas desde o ano passado nas localidades.

Outras cidades da região já dotam lockdown. O Cariri é a região do Ceará onde atualmente o cenário da pandemia é mais grave. Nas últimas semanas, as medidas restritivas foram relaxadas em várias cidades do Estado, mas não nas do Cariri.

Em Porteiras, segundo boletim epidemiológico atualizado nesta segunda-feira (31), aponta 1.257 casos confirmados sendo 13 nas últimas 24 horas e 27 óbitos. Já em Jati são 576 casos confirmados com 11 mortes. E em Penaforte, de acordo com a última atualização divulgada pela atual gestão, no dia 6 de maio, apontava 487 casos confirmados com oito mortes.

Decreto estadual

 

O MPCE recomenda também que cada município siga integral e imediatamente as medidas referentes aos Decretos Estaduais que determinam maior rigor no isolamento em municípios da Região de Saúde do Cariri.

De acordo com o MPCE, o procedimento foi direcionado aos prefeitos e a secretários de Saúde e de demais áreas dos municípios. O isolamento rigoroso deve ser aplicado conforme disposto nos Decretos Estaduais de 22 de maio e de 29 de maio de 2021. Ambos definem a adoção da medida tendo como base a grave situação epidemiológica no Ceará, registrada em dados do Integrasus e exposta por autoridades sanitárias estaduais.

Ainda conforme a recomendação, cada município deve apresentar, no prazo de 24 horas, informações sobre as medidas adotadas para implementação do isolamento social rígido. Isso inclui edição de Decreto Municipal determinando o isolamento social rígido como medida de enfrentamento à Covid-19 e de redução da pressão sobre o sistema de saúde, segundo o órgão.

O MPCE afirmou também que cada município deverá dar ampla publicidade à estratégia adotada, fazendo divulgação das medidas em rádios, canais oficias de comunicação, carros de som e em órgãos públicos.

Fonte: G1/CE

Mário Almeida


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO