Atlético-MG empata de novo sem gols com o Boca, mas vence nos pênaltis e vai às quartas da Libertadores

Everson brilha

O herói tem nome: Everson. No momento de maior tensão, ele levou o Atlético-MG às quartas de final da Libertadores. Defendeu duas cobranças e ainda converteu sua batida na disputa por pênaltis contra o Boca Juniors, no Mineirão. Por 3 a 1, deu Galo na marca da cal, depois de um 0 a 0 (mesmo placar da partida de ida) com muitas dificuldades das duas equipes para criar no tempo regulamentar. Mas, quando falta inspiração, é preciso recorrer à transpiração. E foi mais uma vez na base da emoção que o Atlético brilhou na Libertadores.

De olho no rival

O adversário do Atlético nas quartas de final sairá do duelo entre River Plate e Argentinos Juniors, que se enfrentam nesta quarta-feira, no Monumental de Nuñez. O jogo de ida, no estádio Diego Armando Maradona, ficou 1 a 1.

R$ 7,6 milhões em caixa

O Galo, além da vaga nas quartas de final (para enfrentar River Plate ou Argentinos Juniors), levou uma bolada de R$ 7,6 milhões em premiação. Os dois times já haviam faturado R$ 20 milhões em prêmios na fase anterior.

FONTE: ge (Globo Esporte)

Wesley Martins


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO