Renan Gomes, Autor em FM Atitude

Renan Gomes16 de abril de 2021
unnamed-file-1280x503.png

1min2510

A última atualização da plataforma IntegraSus do Governo do Estado do Ceará com os números da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira(16), trouxe a confirmação da centésima morte causada pelo vírus no município de Itapajé. A cidade registrou o primeiro óbito em decorrência do vírus em 06 de maio de 2020.

De acordo com o último boletim epidemiológico na plataforma do governo do estado, Itapajé tem 1.957 casos confirmados da doença e 31 casos em investigação.


Renan Gomes8 de abril de 2021
LAIS-E-FLA-1.jpg

2min8570

Durante entrevista no Programa Jornal Integração da Radio Atitude FM, na edição desta quinta-feira (08), o vereador Douglas Motta (PSD) falou sobre sua visita ao Hospital Municipal João Ferreira Gomes (Fusec).  O parlamentar esteve na unidade de saúde na última segunda-feira (05) para averiguar a situação do nosocômio após ter recebido uma serie de reclamações por parte dos usuários.

Para o Sargento Douglas, é inadmissível um município de aproximadamente 55 mil habitantes, como é o caso de Itapajé, ter apenas um médico plantonista para atender todas as ocorrências. “Segunda-feira eu estive lá, após uma denúncia, as 17hs e tinham pessoas que estavam lá desde as 08hs da manhã aguardando o atendimento por que só havia um médico. Então a gente tem um médico para se virar no ambulatório, para se virar no consultório, para atender todo tipo de paciente. Para atender emergência, pra atender gravidas, pra atender a ala de covid-19. É humanamente impossível que apenas um médico faça esse trabalho em Itapajé”, disse o parlamentar.

Ao ser indagado sobre sua postura de parlamentar, diante de tal situação, Douglas Motta disse que a única alternativa é acionar o ministério público. “Para mim, vereador, não resta outra alternativa a não ser acionar o ministério público para que ele tome providencias em relação a isso. Eu, como vereador, não estou pedindo nada demais, a gente não tá pedindo um hospital novo, não tá pedindo equipamentos, não está pedindo aparelhos. A gente só tá pedindo mais um médico para atender a população”, concluiu o vereador.


Renan Gomes8 de abril de 2021
jo.jpg

1min5380

A Prefeitura Municipal de Itapajé, através da Secretaria do Trabalho e Assistência Social já recebeu o primeiro lote do vale-gás distribuído pelo Governo do Estado para famílias carente. Neste primeiro momento, Itapajé recebeu 607 vales que começaram a serem entregues aso beneficiarias a partir da próxima semana. No total, serão 1.214 vales para as famílias itapajeenses. A prioridade para receber o benefício são aquelas famílias inclusas no programa Mais Infância do Governo do estado.


Renan Gomes8 de abril de 2021
fusec-1280x720.jpg

2min4990

Há tempos que a precariedade no atendimento do Hospital e Maternidade João Ferreira Gomes (FUSEC) de Itapajé tem sido motivo de muitas reclamações por parte dos pacientes. No entanto, tal situação se agravou ainda mais desde o início do ano com a dificuldade do novo governo em contratar profissionais para reforçar o quadro de servidores e também por conta da centralização de muitos serviços na unidade.

Há vários meses que o hospital conta com apenas um médico plantonista para atender todos os casos, inclusive aqueles onde os pacientes apresentam suspeitas de contaminação pelo novo corona vírus. Além de aumentar o risco de proliferação do vírus, esse fato retarda ainda mais os atendimentos, fazendo com as longas filas de pessoas à espera de atendimento se prolonguem.

Respondendo a questionamentos feitos em redes sociais, a prefeita Gorete Caetano chegou a afirmar que a partir do mês de abril o hospital municipal viveria uma realidade diferente da dos últimos tempos, no entanto, o que tem sido constatado é um agravamento no caso nas últimas semanas. Enquanto faltam ações concretas na busca por soluções, sobram reclamações e aumenta a preocupação da população que precisa de atendimento na unidade.


Renan Gomes7 de abril de 2021
KAREN.jpg

4min13160

A jovem itapajeense Karen Aragão, tem 25 anos e é filha da professora Gisela Rodrigues e do produtor Anchieta Aragão. Karen está no seleto grupo de 28 alunos que conseguiram nota máxima no Enem 2020. Apesar de ser itapajeense, o feito de Karen foi conquistado no estado da Paraíba, mais precisamente na cidade de Cajazeiras, onde reside atualmente. Lá ela está cursando medicina na Universidade Federal de Capina Grande, vaga essa que também já fora fruto de seu desempenho na edição anterior do Exame Nacional do Ensino Médio, comprovando todo o seu empenho e dedicação nos estudos.

O enem 2020 trouxe como tema da redação “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”. Onde os estudantes deveriam elaborar um texto de até 30 linhas e no tipo dissertativo-argumentativo. Ao ser questionada sobre a preparação para este desafio, Karen foi direta: “A pessoa tem medo por que acham que precisam ir sabendo tudo de todos os temas e isso não é verdade. Por que se as pessoas dividirem os temas em áreas temáticas, então qualquer que for o tema elas serão capazes de chegar lá e resgatar o repertorio pertinente. Nesse tema de saúde mental por exemplo, eu peguei lei 8080, que foi a lei do SUS, na área de inclusão eu resgatei Simone de Beauvoir, que fala muito de invisibilidade social. Ou seja, o aluno precisa ter essa conivência de dividir os temas em grandes ares, que na hora do tema ele vai conseguir desenvolver o seu repertorio. E para desenvolver repertorio, é o que todos os professores mais falam que é ler bastante”, concluiu.

Karem revela que já esperava tirar uma boa nota, no entanto, ter ficado entre os 28 alunos no Brasil que atingiram nota máxima na redação, foi realmente uma grande surpresa. Concluindo a entrevista, a jovem mandou uma mensagem aos estudantes de Itapajé e Região: “ Itapajé uma cidade muito boa, com pessoas muito talentosas e esforçadas. E tenho total certeza que qualquer um que se esforçar e que não tenha medo de participar dessas provas, dessas seleções é capaz de tirar uma nota mil, de passar em concurso, de fazer qualquer coisa. Por que tudo é questão de esforço e não é o fato de estar em uma cidade do interior que a pessoa não pode ter essas habilidades”, reforçou a jovem.

Ainda sobre o desempenho na redação do ENEM 2020, muitos alunos das escolas itapajeenses continuaram mantendo o bom desempenho. Na escola de Educação Profissional Adriano Nobre por exemplo, 42 alunos tiraram de 900 a 980 pontos e outros 42 alunos ficaram com pontuação entre 800 e 880. Na escola Estefânia Matos 10 alunos ficaram acima dos 900 pontos.  Já na Escola Antônio Custodio de Mesquita, que fica no Distrito de Iratinga, 1 aluno atingiu os 940 pontos enquanto que 4 alunos ficaram acima dos 800 pontos. Na outra escola da rede estadual no município, a escola Monsenhor Catão Porfirio Sampaio (Grupão), cerca de 15 alunos também tiveram desempenho destaque tanto na redação, quanto nas outras áreas de conhecimento que são exigidas no exame.


Renan Gomes6 de abril de 2021
auxilio.jpg

2min1660

Presidente do banco justificou decisão pelo agravamento da pandemia e pela preferência dos usuários em movimentar o dinheiro pelo Caixa Tem

As agências da Caixa não devem abrir aos sábados durante o pagamento das parcelas do novo auxílio emergencial. Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, a medida não será utilizada dessa vez por conta do atual momento da pandemia e do aumento de movimentações através do aplicativo Caixa Tem.

“Nós não estamos abrindo aos sábados exatamente pela pandemia e porque há uma utilização do aplicativo Caixa Tem muito mais intensa nas quatro últimas semanas. Então, o número de pessoas que irá às agências quando o saque for liberado será muito menor”, afirmou Guimarães em transmissão ao vivo pelas redes sociais na tarde desta terça-feira (6).

 

 

O presidente da Caixa lembrou que, ano passado, as agências foram abertas em 22 sábados para o pagamento em dinheiro do auxílio e acrescentou que 75% beneficiários já movimentavam os recursos pelos canais digitais, enquanto apenas 25% optavam pelo saque.

FONTE:DN


Renan Gomes6 de abril de 2021
LAIS-E-FLA.jpg

3min4860

A edição desta segunda-feira (05) do Programa Jornal Integração da Radio Atitude FM trouxe a insatisfação de duas itapajeenses que prestaram serviços para a prefeitura municipal de Itapajé na condição de credenciadas no ano de 2020. Flavia Maria e Lais Bastos reclamam que até a presente data ainda não receberam os respectivos pagamentos referente ao ultimo mês trabalhado no ano passado. Assim como as duas que procuraram a emissora para denunciar o caso, existem dezenas de outras pessoas na mesma condição e que vivem essa expectativa de quando, e se, vão conseguir receber seus pagamentos. Flavia e Lais tinham contrato junto a Secretaria de Saúde do município.

O contrato de trabalho na modalidade credenciado é uma espécie de terceirização, modelo adotado por muitos governos. De acordo com as duas servidoras, já aconteceram algumas conversas entre os prestadores de serviço e o atual governo municipal, no entanto, não foi dada nenhuma sinalização concreta sobre os pagamentos.

Diante da demanda apresentada por Flavia e Lais, a equipe de reportagem procurou a gestão municipal por diversas vezes afim de obter algum posicionamento sobre estes pagamentos. No entanto, não obtivemos retorno nestas tentativas iniciais.

Logo após a veiculação das duas entrevistas expondo a situação destes trabalhadores, a Secretaria de Administração, Planejamento e Finanças de Itapajé, a medica Anna Karenina Caetano, enviou um áudio via WhatsApp para a emissora dando uma resposta ao questionamento.  De acordo com a secretaria, ontem mesmo já iriam ser pagos todos os credenciados que prestaram serviço na Secretaria do Trabalho e Assistência Social. Também disse que hoje, terça-feira (06) começariam os pagamentos daqueles lotados na Secretaria de Saúde, priorizando os trabalhadores de nível médio. Os demais receberão com base em um cronograma ainda sem definição quanto a datas.

A secretaria também voltou a afirmar que o novo governo não recebeu as contas em dia, porém, mesmo assim garante que todos os compromissos serão honrados. “ Também quero ressaltar o nosso compromisso com o povo, que apesar de não termos recebido as contas sanadas, iremos cumprir com os profissionais”, disse Anna Karenina.


Renan Gomes5 de abril de 2021
Concursos-Previstos-2020-1280x720.jpg

10min210

Pelo menos 83 concursos públicos estão com inscrições abertas no país nesta segunda-feira (5). São mais de 4,3 mil vagas em disputa.

Há cargos disponíveis para todos os níveis de escolaridade. Além de vagas para preenchimento após o término do processo seletivo, há oportunidades para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

No processo seletivo aberto pelo Ministério da Cidadania, por exemplo, são 89 vagas para contratação por tempo determinado, com salários de até R$ 8.300,00. Veja aqui o edital.

Nesta terça-feira (6), iniciam as inscrições para o concurso do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça. São 107 vagas para profissionais de nível superior na área de engenharia e arquitetura. Os salários variam de R$ 6.242,41 a R$ 8.293,82. Veja aqui o edital.

Na quarta-feira (7), serão abertas as inscrições para o concurso do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). São 165 vagas, com salários de até R$ 7.620,37 em funções de nível superior em Brasília, São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. Veja aqui o edital.

Nesta segunda-feira, pelo menos 9 concursos abrem o prazo de inscrições. Veja abaixo:

Prefeitura de Aparecida do Taboado (MS)

 

  • Inscrições: até 09/04/2021
  • 30 vagas
  • Salários de até R$ 2.122,99
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

 

Prefeitura de Cunha Porã (SC)

 

  • Inscrições: até 05/04/2021
  • 2 vagas (professores de inglês)
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

 

Prefeitura de Formiga (MG)

 

  • Inscrições: 05/04/2021
  • 6 vagas (enfermeiros)
  • Salários de até R$ 2.122,99
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

 

Prefeitura de Maquiné (RS)

 

  • Inscrições: até 09/04/2021
  • 2 vagas (instalador hidráulico)
  • Salários de até R$ 2.292,97
  • Cargos de nível fundamental
  • Veja o edital

 

Prefeitura de União do Oeste (SC)

 

  • Inscrições: 05/04/2021
  • 4 vagas (professores)
  • Salários de até R$ 1.831,71
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

 

Hospital Ophir Loyola (HOL-Paraná)

 

  • Inscrições: até 07/04/2021
  • 41 vagas
  • Salários de até R$ 1.858,41
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

 

Prefeitura de Mambaí (GO)

 

  • Inscrições: até 07/04/2021
  • 52 vagas
  • Salários de até R$ 3.641,02
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

 

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins (CBM – TO)

 

  • Inscrições: até 12/04/2021
  • 115 vagas
  • Salários de até R$ 4.805,62
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

 

Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig)

 

  • Inscrições: até 16/04/2021
  • 11 vagas
  • Salários de até R$ 1.700,03
  • Cargos de nível médio e superior

FONTE:G1


Renan Gomes5 de abril de 2021
will-nogueira-1280x854.jpg

1min220

Nogueira trabalhou durante 36 anos no SVM, período em que dirigiu a Rádio FM 93 e esteve à frente de programas na TV Diário

Morreu, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista e apresentador de TV cearense Will Nogueira após complicações da Covid-19. Em entrevista ao Diário do Nordeste, Eduardo Nogueira, irmão do comunicador, disse que ele ficou internado 17 dias. “Ele estava bem, mas na última semana apresentou uma piora da doença”, declarou.

Ainda segundo Eduardo Nogueira, o apresentador chegou a ser intubado, mas não resistiu à doença. Ele estava recebendo cuidados no Hospital São Carlos, na Capital cearense.

Funcionário do Sistema Verdes Mares (SVM) durante 36 anos, Will chegou a dirigir a Rádio FM 93. Além disso, também fez carreira na televisão, atuando como apresentador dos programas “Sábado Alegre”, na TV Diário, e no “Terral”, na TV Ceará (ex-TV Educativa).

O corpo de Will Nogueira é sepultado na tarde desta segunda-feira no Jardim Metropolitano. O comunicador deixa esposa e duas filhas.

FONTE:DN


Renan Gomes5 de abril de 2021
mercado-imobiliario-na-pandemia.jpg

1min230

A mudança é motivada pela disparada do IGP-M, que acumula alta de 31,12% em 12 meses encerrados em março

 

O economista e professor da Fundação Getulio Vargas (FGV) Paulo Picchetti afirmou nesta segunda-feira (5) que o instituto estuda um novo indicador para substituir o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) na base de cálculo dos contratos de aluguel no País. Em meio à pandemia de covid-19 e à desvalorização cambial, o IGP-M deu um salto, e já acumula 31,12% em 12 meses concluídos em março.

A expectativa é que, no mínimo, o índice volte a fechar na marca de 23% apurada em 2020.

“A FGV está estudando isso. Estamos em fase preliminar de estudos para encontrar parceiros e metodologia para um novo índice de aluguéis. No entanto, do ponto de vista legal, não será um índice para ser adotado com força de lei do reajuste”, explica Picchetti, lembrando ainda que o IGP-M “nunca” foi criado para corrigir contratos de aluguel.

FONTE:DN



Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO