Arquivos Educação - FM Atitude

Mário Almeida26 de outubro de 2020
fies-inscricao-1591224650613_v2_615x300.jpg

2min520

As inscrições para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), referentes ao segundo semestre de 2020, serão retomadas hoje (26). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), há cerca de 50 mil inscrições ainda não preenchidas nas edições de 2020 dos processos seletivos regulares do fundo.

As inscrições serão realizadas exclusivamente na página do Fies na internet. Nessa etapa, poderão se inscrever tanto os candidatos não matriculados em instituição de educação superior, como também os já matriculados, mas que buscam uma oportunidade para financiar a continuidade dos estudos.

 

Cursos

 

Segundo o MEC, hoje e amanhã (27) a oferta será exclusivamente para os cursos de áreas do conhecimento prioritárias, como cursos de Saúde, Engenharias, Licenciaturas e Ciência da Computação.

Já as inscrições de candidatos não matriculados em instituição de educação superior poderão ser realizadas até as 23h59 do dia 3 de novembro. “E para quem já está matriculado no curso, turno e instituição para a qual deseja se inscrever para tentar o financiamento, o prazo termina às 23h59 do dia 27 de novembro”, complementa a nota divulgada pelo MEC.

A centenas de pessoas que tentaram se inscrever para as vagas remanescentes acabaram gerando instabilidade no sistema eletrônico usado para a inscrição no Fies. Diante dessa situação, o MEC optou por prorrogar o cronograma do processo de ocupação dessas vagas.

 

Fonte: O Povo


Wesley Martins26 de outubro de 2020
aulas.jpg

2min100

Turmas do 3º ao 8º ano do Ensino Fundamental (EF) de escolas públicas e privadas, além de cursos profissionalizantes ou preparatórios para o Ensino Médio (EM), poderão voltar ao cronograma presencial a partir desta segunda-feira (26) com 35% da capacidade de alunos em 44 municípios da Região de Saúde de Fortaleza, segundo decreto estadual nº 33.783, publicado na tarde de ontem. Com a decisão, que ocorre quase dois meses após o início da reabertura das escolas no Ceará, apenas 1º e 2º ano do Ensino Médio seguem remotamente. As aulas virtuais, no entanto, deverão continuar sendo oferecidas aos estudantes.

Ao mesmo tempo, o decreto documentado no Diário Oficial do Estado (DOE) amplia outras séries que já haviam iniciado o plano de retomada das atividades in loco, a exemplo do 1º, 2º e 9º do EF, e o 3º do Ensino Médio. Este grupo passa de 35% para 50% do limite de estudantes. Já a educação infantil, avança de 50% para 75%.

Além da Capital, a Região de Saúde engloba Aquiraz, Eusébio, Itaitinga, Apuiarés, Caucaia, General Sampaio, Itapajé, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Acarape, Barreira, Guaiúba, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Palmácia, Redenção, Aracoiaba, Aratuba, Baturité, Capistrano, Guaramiranga, Itapiúna, Mulungu, Pacoti, Amontada, Itapipoca, Miraíma, Trairi, Tururu, Umirim, Uruburetama, Beberibe, Cascavel, Chorozinho, Horizonte, Ocara, Pacajus e Pindoretama.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins21 de outubro de 2020
fies-inscricao-1591224650613_v2_615x300.jpg

1min120

A partir do dia 26 de outubro, o Fundo de Financiamento Estudantil volta a receber inscrições para as 50 mil vagas remanescentes. O processo foi suspenso pelo MEC após instabilidades no site do programa que dificultaram a inscrição dos participantes. Com isso, o prazo final que havia sido estabelecido para 13 de novembro foi prorrogado.

É importante lembrar que os alunos que conseguiram realizar a inscrição antes da suspensão não serão prejudicados.

Além disso, as datas de inscrição variam conforme o perfil do aluno. Nos dias 26 e 27 de outubro apenas candidatos de áreas de conhecimento prioritárias, como cursos de saúde, engenharias, licenciaturas e ciências da computação, poderão se inscrever.

Entre 28 de outubro e 3 de novembro será a vez dos candidatos ainda não matriculados em instituições de ensino superior. E por fim, de 28 de outubro a 27 de novembro: candidatos que desejam financiar as mensalidades no curso e turno em que já estão matriculados atualmente.

FONTE: Ceará Agora


Wesley Martins21 de outubro de 2020
4-ano-ensdino-mwsduoi-1280x924.png

3min110

A criação do 4º ano do ensino médio, que já foi anunciada no Maranhão e São Paulo como uma ação a ser implementada em 2021, em decorrência da pandemia, também é avaliada pelo Governo do Ceará. A vice-governadora, Izolda Cela, afirmou, sem dar detalhes, que a ideia tem sido avaliada no estado. Esse ano, a rede estadual tem 98 mil alunos matriculados no 3º ano do ensino médio e, conforme a Secretaria Estadual da Educação (Seduc), a criação da série está em estudo no atual momento e, por isso, “não é possível ainda falar a respeito”.

Izolda informou que é um desejo do Governo “garantir para aqueles meninos que estão no 3º ano, e se sentiram muito prejudicados com relação ao Enem [Exame Nacional do Ensino Médio], eles terem oportunidade de ter um programa de estudo. De ter uma espécie de quarto ano. Tudo isso está sendo pensado e planejado”.

A proposta estudada pela Seduc no Ceará já foi adotada no Maranhão, conforme anúncio feito em junho pela Secretaria de Estado da Educação do Maranhão e por São Paulo, de acordo com comunicado do governo estadual realizado em julho. Em ambos as redes estaduais o acesso ao 4º ano letivo será opcional em 2021. A medida, justificam as gestões, é para garantir que os estudantes participem de mais aulas e reforcem a preparação para o Enem e outros vestibulares. Ainda não se sabe se o 4º ano do ensino médio terá prova e reprovação.

FONTE: G1


Wesley Martins8 de outubro de 2020
enem-G-1-1280x768.png

3min190

Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 têm até as 23h59 desta quinta-feira (8), para cadastrar ou alterar a foto de inscrição na Página do Participante, para concluir esta etapa do exame. O prazo anterior terminaria no dia 1º de outubro.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a mudança na data foi devido ao grande número de acessos em um só dia. “A prorrogação tem o objetivo de garantir a realização do procedimento por parte dos inscritos. Participantes que já incluíram a foto anteriormente não precisam repetir a operação”, informou o Inep.

Segundo o Inep, não serão aceitas imagens de pessoas com óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares). A fotografia também deve mostrar o rosto inteiro do participante, com uma boa iluminação e foco, além de estar nos formatos de arquivo JPEG e PNG (tamanho máximo de 2 MB). Imagens em PDF não serão permitidas. O Inep e o Ministério da Educação (MEC) não realizam validação da foto.

Provas

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as provas da edição 2020 do exame foram adiadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa); e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Além de uma redação e 45 questões, os candidatos terão que responder questões sobre quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Dúvidas

As informações a respeito do Enem 2020 podem ser acompanhadas nos portais do Inep e do MEC, assim como nas redes sociais oficiais dos dois órgãos do governo federal. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do instituto, por meio do autoatendimento online ou do 0800 616161, a central aceita apenas chamadas feitas de telefone fixo.

FONTE: Agência Brasil


Wesley Martins7 de outubro de 2020
Enem-G-1280x720.png

2min190

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de elaboradores e revisores de itens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Pode participar da seleção todo e qualquer professor da rede pública que preencha os requisitos previstos nos editais que subsidiam a seletiva, realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo para cadastramento pelo sistema do Banco Nacional de Itens (BNI) vai até o dia 18 de outubro.

Além de outras regras, é necessário comprovar a formação acadêmica ou continuada, além das experiências como docente e a prática em elaboração e revisão de itens. Para isso, o profissional deve apresentar diploma ou certificado (frente e verso) ou declaração de conclusão de curso na área de interesse.

As atas de defesa de mestrado ou doutorado com aprovação também podem ser utilizadas como documentos comprobatórios – nos parâmetros dos editais da seleção –, desde que a defesa tenha ocorrido até 6 meses após a conclusão do curso.

FONTE: Ceará Agora


Wesley Martins7 de outubro de 2020
Feriado-escolar-1280x720.jpg

2min150

A rede particular de ensino do Ceará optou por antecipar para a próxima terça-feira (13) o feriado escolar do Dia do Professor, comemorado no dia 15 de outubro. A mudança já é uma prática que ocorre tradicionalmente no calendário escolar das instituições, de acordo com o Sindicato da Educação da Livre Iniciativa do Estado do Ceará (Sinepe-CE).

Com isso, segundo o Sindicato, escolas e universidades devem prolongar a folga do dia anterior (12), Dia de Nossa Senhora Aparecida, feriado nacional.

A rede pública estadual, no entanto, não vai aderir à antecipação, e o dia de folga ocorrerá no próximo dia 15, de acordo com informações da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), por nota. Porém, “as escolas têm autonomia para definir suas atividades, conforme o calendário planejado por cada unidade escolar”.

Universidades

A Universidade Federal do Ceará (UFC) decidiu manter as aulas remotas no dia 15 e realocar o recesso escolar do Dia do Professor para a sexta-feira, 16.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins6 de outubro de 2020
teste-covid-1280x720.jpg

3min300

Após confirmar casos de infecção pelo novo coronavírus em dois profissionais, uma escola privada de Fortaleza teve que suspender as aulas presenciais. Conforme o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Ensino do Ceará (Sinepe-CE), a contaminação foi identificada durante o processo de testagem dos trabalhadores da educação. Contudo, garante o Sindicato, as pessoas infectadas não tiveram contato com os alunos, nem com os demais profissionais no ambiente escolar.

Os casos, diz em nota o Sindicato, foram encaminhados para a investigação em cumprimento a medidas estabelecidas no Protocolo Setorial do Governo do Estado para a retomada das atividades escolares. O Sindicato confirmou os casos, mas não divulgou o nome da escola. Conforme a nota “as atividades presenciais estão suspensas por causa da investigação, processo para identificar em qual local os profissionais foram infectados”.

As aulas presenciais no Ceará já estão parcialmente autorizadas e ocorrem, desde o início de setembro, nas creches e pré-escolas da rede privada nas cidades da macrorregião de Fortaleza. No dia 19 de setembro, o Governo do Estado autorizou o retorno de mais séries a partir do dia 1º de outubro, com a seguintes capacidades:

  • Educação de Jovens e Adultos com 35% dos alunos;
  • 9º ano do Ensino Fundamental com 35%;
  • 3ª série do Ensino Médio com 35%;
  • Educação Profissionalizante com 35%;
  • Educação Infantil com 50%;
  • 1º e 2º do Ensino Fundamental com até 35%.

Desde o dia 1º de outubro, conforme o Sindicato, pelo menos, 120 escolas recomeçaram as atividades presenciais.

O Protocolo Setorial do Governo do Estado estabelece que “todos os membros da equipe serão convidados a fazer um teste Covid-19 nos dias anteriores ao primeiro dia de aula” e que a realização da testagem dos profissionais deve seguir a progressão do percentual de cada etapa da retomada das séries.

Em caso de detecção de profissional contaminado, a instituição de ensino deve comunicar, em até 48 horas, os familiares e as autoridades sanitárias e acompanhar a situação de saúde das pessoas envolvidas. Além disso, diz o documento, quando ocorrem dois casos ligados ou não entre si por circunstâncias fora da escola a orientação é fechar a unidade inteira durante a investigação.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins1 de outubro de 2020
1_aaaa-13643642.jpg

4min220

Seis brasileiros conquistaram medalhas na International Mathematical Olympiad (IMO), uma das maiores olimpíadas internacionais de matemática que ocorre anualmente e que teve a edição deste ano realizada, na última semana, de forma remota por conta da pandemia. Dentre os vencedores brasileiros, apenas um levou a condecoração de ouro: o estudante Pedro Gomes, 18 anos, que há três anos se prepara para competições desse porte em uma escola do Ceará.

Natural de RecifePernambuco, o garoto veio para Fortaleza em 2018, quando ganhou bolsa para estudar no colégio Farias Brito. Durante os dois primeiros anos em que mergulhou no universo das olimpíadas, conquistou uma medalha de bronze e uma de prata pela IMO, já caminhando para o tão sonhado ouro.

O resultado foi muito bom porque é algo que eu sonhava desde 2016 (…) É incrível”, destacou Pedro. Além da importância pessoal, o resultado também teve peso nacional- uma vez que contribuiu para que o Brasil alcançasse a melhor classificação desde quando começou a competir na disputa, em 1979.

Pela primeira vez o País ficou classificado em 10° lugar na competição geral, quando o máximo que havia conseguido era a 15º posição. Além da medalha de ouro, foram cinco de pratas. Três dessas para estudantes de escolas do Ceará.

Ao todo, foram cerca de 50 condecorações de ouro disputadas entre 616 estudantes do ensino médio de 105 países. A disputa ocorreria de forma presencial, na Rússia, mas precisou ser por via remota devido a pandemia e agora a medalha de Pedro deve chegar por meio dos Correios.

Pensando longe e determinando a conquistar mais vitórias, o estudante está de mudança para a França. No país, ele deve dar procedimento ao curso de Matemática e Ciências da Computação que realiza, até o momento, de forma online em uma universidade da região.

Nordestino, Pedro reconhece a força de ocupar o espaço que está conquistando e dá mérito a preparação de ensino que encontrou no Estado. “Há muitos anos os colégios do Ceará são os melhores nas olímpiadas. Já conseguiram provar que competem igual, ou até melhor”, destaca.

FONTE: O Povo


Mardem Lopes29 de setembro de 2020
EMANOEL-MOTA.jpg

1min3270

A Escola Estadual de Ensino Médio em Tempo Integral do município de Irauçuba, conhecida como Grupão, firmou parceria com a Federação das Associações de Irauçuba (FAI), para facilitar o acesso dos estudantes daquele colégio às atividades escolares durante o período de pandemia. Muito embora a maior parte dos estudantes tenha acesso às atividades através de plataformas na internet, cerca de 13% não têm acesso à rede mundial de computadores. Para garantir que estes jovens continuem a aprender e permaneçam sendo acompanhados pelos profissionais de educação, as lideranças comunitárias distribuídas por todo o território irauçubense, coordenados pela FAI, buscam na escola o material impresso e levam até as casas desses estudantes periodicamente. Os jovens também têm o apoio da TV Ceará, que disponibiliza em sua programação conteúdo educativo supervisionado pela Secretaria Estadual da Educação.

 

O diretor do Grupão, Emanuel Mota afirma que a parceria com as lideranças comunitárias foi uma solução sugerida pela coordenação pedagógica da instituição e tem dado bons resultados.

 

 



Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO