Arquivos Estaduais - FM Atitude

Wesley Martins12 de abril de 2021
200506_GAS_COZINHA_NIU_8872-1536x1024-1-1280x853.jpg

2min2710

O Governo do Estado do Ceará divulgou a lista com os mais de 250 mil beneficiados com programaVale Gás Social. Todos os 184 municípios cearenses serão contemplados. Em maio, outros 125.263 tíquetes serão entregues, totalizando 255.577 vales distribuídos. O auxílio para famílias em situação de vulnerabilidade social foi sancionado pelo governador Camilo Santana, no último dia 23 de março, em mais uma ação para minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus.

Serão contempladas com o Vale Gás Social as famílias beneficiárias do Cartão Mais Infância Ceará; inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e atendidas pelo Programa Bolsa Família, com renda individual igual ou inferior a R$ 89,34; e os jovens participantes do Programa Superação. A medida é uma parceria do Governo do Ceará com a empresa Nacional Gás, que vai vender os botijões a preço de custo para o Estado.

Confira abaixo a lista dos beneficiados pelo programa no município de Itapajé e adjacências;

BENEFICIADOS VALE-GÁS ITAPAJÉ

BENEFICIADOS VALE-GÁS IRAUÇUBA

BENEFICIADOS VALE-GÁS TEJUÇUOCA

BENEFICIADOS VALE-GÁS URUBURETAMA

FONTE: Governo do Estado do Ceará


Renan Gomes5 de abril de 2021
Lockdown-e-RH-scaled-1-1280x854.jpg

7min280

Encontro com setor produtivo para discutir retomada ainda não foi marcado. Empresários deverão aproveitar ocasião para apresentar dados sobre a realidade atual de cada setor durante a pandemia

Legenda: A previsão é de que uma reunião entre o Estado e as entidades representativas empresariais possam acontecer ainda nesta terça-feira (6), mas não há confirmação
Foto: Arquivo

Os setores da economia ainda estão aguardando uma sinalização do Governo do Estado sobre a primeira reunião para tratar sobre o plano de reabertura da economia. Após o anúncio do governador Camilo Santana de que o processo de retomada depois do lockdown seria iniciado no dia 12 de abril, empresários têm esperado a marcação de um encontro para discutir o assunto, mas ainda não há previsão.

A previsão é de que uma reunião entre o Estado e as entidades representativas empresariais possam acontecer ainda nesta terça-feira (6), mas não há confirmação. Tudo dependeria da agenda do governador.

 

Contudo, o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Maurício Filizola, afirmou que ainda espera um chamado oficial do Estado. Segundo ele, a previsão é de que haja uma reposta concreta a partir da próxima quarta-feira (7) sobre uma possível reunião.

DIÁLOGO COM O COMÉRCIO

Filizola comentou que o diálogo entre o Estado e o setor produtivo é fundamental nesse momento para que os empresários possam apresentar a realidade dos negócios neste momento.

“É importante que o Governo possa ouvir a demanda do empresariado. Mas ainda estamos aguardando o chamado oficial. Devemos ter alguma previsão a partir da próxima quarta-feira”, disse.

A opinião foi corroborada pelo presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), Freitas Cordeiro. Ele defendeu que o Estado projete um plano estratégico completo para manter a econômica estável durante a pandemia, ouvindo os pleitos dos empresários.

Ele também comentou que o o plano de retomada aplicado pelo Estado em 2021 deverá seguir o mesmo modelo do ano passado, com liberações graduais para tentar manter os indicadores de saúde sob controle.

“Pelo que eu entendo, deverá ser igual ao ano passado. Eles não confirmaram como será para cada setor, mas deve ser igual a 2020, com liberações graduais para tentar controlar os dados da pandemia, mas precisamos pensar um plano completo ouvindo os empresários, porque essa pandemia não deverá acabar no curto prazo”, ponderou Freitas.

AGUARDANDO CONTATO

Já o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Taiene Righetto, afirmou que ainda não houve contato por parte do governo do Estado para um encontro com representantes do segmento. Ele comentou que o setor de alimentação fora do lar ainda aguarda uma data para a reunião, mas que o plano deverá ser apresentado aos empresários nessa semana.

 

A situação é semelhante para o setor de eventos, segundo Circe Jane Teles, presidente do Sindicato das Empresas organizadoras de Eventos e Afins do Estado do Ceará (Sindieventos-CE).

“Com esse prolongamento do decreto de isolamento rígido, o setor de eventos permanece paralisado. Mas mão tivemos nenhuma reunião com o Grupo de Trabalho (do Comitê da retomada). A Fecomércio fez a interlocução e solicitou a abertura”, disse.

RETOMADA AGUARDADA

Quem também espera a aplicação do plano de retomada, mesmo sem ter tido paralisações neste ano, é o setor de hotelaria. De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (Abih-CE), Régis Medeiros, o setor não espera um contato direto do Estado sobre o novo plano de reabertura.

Ele explicou que, como os hotéis seguem funcionando, os empresários não estão aguardando contato para reuniões, mas o plano de retomada está sendo aguardado para que os empreendimentos possam receber mais hóspedes. Com o lockdown durante a Semana Santa, Régis afirmou que o número de turistas nas praias do Ceará caíram.

“Não aguardamos um contato do Governo do Estado porque, de fato, nós não paramos, mas o plano de retomada seria um ponto positivo para o nosso setor”, disse Medeiros.

FONTE:DN


Wesley Martins29 de março de 2021
Restaurantes.jpg

4min2940

A partir de hoje (29), está aberto o cadastro de profissionais desempregados do setor de bares, restaurantes e alimentação fora do lar para receber o auxílio financeiro do Governo Estadual no valor de R$ 1 mil. O cadastramento vai até dia 8 de abril pelo site da Setur. O benefício será pago em duas parcelas de R$ 500.

A informação foi confirmada, na manhã desta segunda-feira (29), pelo governador do Estado, Camilo Santana, em seus perfis nas redes sociais.

A medida, executada através da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), visa apoiar o setor, minimizando prejuízos econômicos causados pela pandemia da Covid-19.

A pasta estadual também será responsável pela validação da inscrição, realizando a conferência de cumprimento dos critérios.

COMO SE INSCREVER?

Os candidatos devem acessar a plataforma de cadastro da Setur através deste link; https://cadastroauxilio.setur.ce.gov.br/ e realizar a inscrição, por meio de fornecimento de informações específicas e dados pessoais. No site, a secretaria também disponibiliza um chat tira-dúvidas.

QUEM PODE RECEBER O AUXÍLIO?

Estão aptos a receber o benefício trabalhadores recentemente desempregados, com última atuação registrada em estabelecimentos ou atividades que se enquadrem nas atividades com Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) do setor. Incluindo:

  • restaurantes,
  • bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas,
  • lanchonetes,
  • casas de chá, de sucos e similares,
  • serviços ambulantes de alimentação,
  • fornecimento de alimentos preparados para empresas,
  • alimentação para eventos e recepções – bufê e também cantinas –
  • serviços de alimentação privativos
  • e fornecimento de alimentos para consumo.

CRITÉRIOS

  • Não terem emprego formal ativo, com registro de contrato vigente em Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
  • Não serem titulares de benefício previdenciário ou assistencial ou serem beneficiários do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o Auxílio Emergencial, ou outro benefício que venha substituí-lo, e o Programa Bolsa Família;
  • Não exercerem, a qualquer título, cargo, emprego ou função
  • pública em quaisquer das esferas de governo;
  • Não terem recebido o benefício previsto na Lei Estadual n.º 17.385, de 24 de fevereiro de 2021 (AUXILIO SETOR EVENTOS);
  • Serem residentes no Estado do Ceará;
  • Terem idade igual ou maior de 18 (dezoito) anos

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins24 de março de 2021
Lixo.jpg

2min430

Uma empregada doméstica quase deixou um prejuízo de R$ 10 mil para a patroa dela em Recife. Sem saber, a trabalhadora jogou um pacote com a quantia do dinheiro no lixo. Após três horas de busca, porém, as notas foram recuperadas em meio a resíduos e entulhos por garis e devolvidas à dona.

A jornada em busca pelo dinheiro perdido foi iniciada quando Luiza Martins, funcionária pública da Empresa Municipal de Limpeza e Urbanização (Emlurb), recebeu uma ligação telefônica de uma mulher avisando que havia dinheiro no lixo. A quantia, embrulhada em um pedaço de papel, foi jogada fora pela empregada doméstica em uma lixeira.

Quando a dona da casa descobriu o ocorrido, o caminhão de lixo já tinha realizado a coleta do material. “Eu fiquei super assustada. Uma pessoa ligou e disse que botou uma importância de R$ 10 mil no lixo, numa época dessa. Eu me desesperei, disse ‘vamos fazer alguma coisa para ajudar'”, disse Luiza.

BUSCA PELO DINHEIRO

O genrente de Fiscalização e Limpeza da Emlurb, Avelino Pontes, afirma que foi fácil localizar a equipe de coletores responsável por retirar o lixo do local em que o valor foi descartado.

Após localizar o caminhão, Avelino pediu que o motorista mudasse a rota em prol de encontrar o dinheiro. O pacote, porém, estava dentro do compactador de lixo, que já tinha acumulado resíduos de vários tipos equivalentes a três toneladas.

Três horas e meia depois, o dinheiro foi encontrado pelos garis. “A motivação era encontrar. A gente não ia parar até encontrar o dinheiro”, destacou o coletor de lixo Josenildo Pereira.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins24 de março de 2021
Aldir-Blanc.jpg

1min420

O Governo do Ceará obteve liminar no Supremo Tribunal Federal (STF) para prorrogação dos prazos de execução e prestação de contas da Lei Aldir Blanc (14.017/2020) no Estado. A decisão foi da ministra Cármen Lúcia.

O pedido de prorrogação havia sido ajuizado em Ação Cível Originária (ACO) pela Secretaria da Cultura do Estado (Secult), por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), no último dia 6. A motivação foi a dificuldade dos trabalhadores da cultura e artistas de executarem e prestarem contas no prazo inicial, até o fim de março.

Com a decisão, a categoria terá mais tempo para apresentar o Relatório de Gestão Final ao Ministério de Turismo e para a execução dos projetos apoiados pela Aldir Blanc.

A Secult Ceará ainda deve lançar um edital sinalizando as novas datas de execução de projetos.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins19 de fevereiro de 2021
Cart-o-Mais-Infancia.jpg

1min900

O governador Camilo Santana anunciou, nesta quinta-feira (18), o aumento de 20% no repasse do Cartão Mais Infância, passando de R$ 85 para R$ 100 por mês. Neste ano, 70 mil pessoas receberão o dinheiro do programa social.

“O recurso mensal destinado para a ação passou de R$ 4 milhões por mês, no ano passado, para R$ 7 milhões por mês este ano, após o aumento do número de famílias beneficiadas e o aumento do valor”, informa o chefe do Executivo estadual.

De acordo com a primeira-dama do Estado, Onélia Leite, o Programa Mais Infância Ceará está focado em ações destinadas às crianças.

Para ela, assegurar um valor mensal para as mães que necessitam alimentar seus filhos é um cuidado que o Governo do Estado tem na gestão, e esse aumento no valor do Cartão mostra a sensibilidade que o governador Camilo Santana tem com os mais socialmente vulneráveis.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins18 de fevereiro de 2021
1_bc8i1145-14873822.jpg

2min850

A partir de hoje, 18, o novo decreto estadual também passa a valer com mudanças no transporte intermunicipal público. As barreiras sanitárias nas entradas e saídas das cidades cearenses, implementadas durante o Carnaval, seguem por mais dez dias. Agora, o transporte intermunicipal público terá fiscalização e medição de temperatura nas saídas e chegadas.

A operação do serviço regular e complementar segue por todo o Estado até o dia 28 de fevereiro, data do fim das medidas – que podem ser renovadas ou não. Anunciado ontem à noite, o novo decreto estadual começa a valer a partir de hoje, 18, com exceção da suspensão de aulas presenciais em escolas e universidades, válida a partir da próxima sexta, 19.

As medidas incluem restrições nos horários de funcionamento de comércios, circulação restrita em espaços públicos e toque de recolher. Durante o anúncio, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), ressaltou que as decisões levaram em consideração a situação epidemiológica do Estado e a curva ascendente de contaminação.

FONTE: O Povo


Wesley Martins18 de fevereiro de 2021
toque-de-recolher.jpg

2min670

O “toque de recolher” em vigor a partir desta quinta-feira (18) nos 184 municípios do Ceará permite o fluxo de pessoas e veículos apenas para serviços essenciais. A restrição é entre 22h e às 5h do dia seguinte e está determinada no decreto nº 33.936, assinado nessa quarta-feira (17) pelo governador Camilo Santana. A medida é válida até dia 28 de fevereiro, dia que encerra o atual decreto.

Dessa forma, poderão circular em ruas e espaços públicos durante o “toque de recolher” usuários e funcionários dos seguintes segmentos:

  • Serviços públicos essenciais;
  • Farmácias;
  • Indústria;
  • supermercados/congêneres;
  • Postos de combustíveis;
  • Hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Segurança privada;
  • Imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
  • Funerárias.

O secretário de Planejamento e Orçamento do Ceará, Flávio Ataliba, também acrescentou, que motoristas de transporte por aplicativo e taxistas não serão afetados pela regra sanitária.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins18 de fevereiro de 2021
audience-1867754__340.png

1min520

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (18), um pacote de ações enviado pelo governador Camilo Santana (PT) para socorrer o setor de eventos no Estado em meio à pandemia da Covid-19. Uma das principais medidas é a concessão de um auxílio financeiro de R$ 1 mil aos profissionais da área, que começará a valer assim que o governador sancionar a lei.

O auxílio será pago em duas parcelas de R$ 500, mediante cadastro dos profissionais junto à Secretaria da Cultura do Estado. De acordo com o Governo, cerca de 10 mil profissionais, como músicos, humoristas e técnicos de som, deverão ser beneficiados.  Ao todo R$ 10 milhões serão investidos pelo Estado para transferência dessa renda.

Segundo o líder do Governo, deputado Júlio César Filho (Cidadania), a renda poderá ser estendida, se necessário. Outra medida aprovada pelos deputados foi a isenção de taxas do setor de eventos por seis meses para a realização de eventos em equipamentos culturais do Estado, quando o retorno das atividades da área for liberado.

FONTE: Diário do Nordeste


Wesley Martins18 de fevereiro de 2021
camilo-1280x720.jpg

1min700

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta quarta-feira (17), toque de recolher das 22h às 5 horas em todo o Ceará. A decisão vale até o dia 28 de fevereiro. Outra medida é a suspensão das aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas. E todos os espaços públicos fecharão às 17h.

Todas as medidas valem a partir desta quinta-feira (18), com exceção das aulas – que voltam a ser exclusivamente remotas na sexta-feira (19).

O novo decreto de isolamento social estende algumas restrições definidas para o período de Carnaval, incluindo barreiras sanitárias nos municípios cearenses, com controle do transporte intermunicipal, e horário reduzido de atividades econômicas que não oferecem serviços considerados essenciais. Aos fins de semana, todo o comércio só poderá funcionar até as 17 horas.

FONTE: Diário do Nordeste



Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO