Domingo, 28 de Novembro de 2021
(85) 99236-2812
Babados da Atitude Famosos

Filhos de Gugu Liberato se declaram doadores de órgãos

Nos dois anos da morte do apresentador, João Augusto, Marina e Sofia contaram que iniciativa do pai salvou 50 vidas

22/11/2021 08h12 Atualizada há 6 dias
13
Por: Carol Vieira Fonte: R7
Filhos de Gugu Liberato se declaram doadores de órgãos

morte de Gugu Liberato completou dois anos neste domingo (21). Por meio de um vídeo compartilhado nas redes sociais, João Augusto, Marina e Sofia, filhos do apresentador, se declararam doadores de órgãos. A iniciativa de Gugu, que era doador, ajudou a salvar 50 vidas.

Na gravação, os herdeiros falaram a respeito da importância da causa. "Com a pandemia, as doações de órgãos caíram drasticamente. Mas, incentivamos as famílias a autorizarem a doação quando for a hora. Pela nossa experiência, a dor de uma família pode ser atenuada com este ato de amor e trazer a alegria para muitas pessoas".

"Queremos lembrar que uma única pessoa que doa, pode ajudar diversas pessoas que estão na fila aguardando. Uma única pessoa pode evitar que diversas famílias sofram com a perda de seus entes queridos. Uma única pessoa pode salvar dezenas de vidas", disseram os filhos do apresentador. 

Gugu Liberato morreu no dia 21 de novembro de 2019, aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico, em Orlando, nos Estados Unidos. 

https://www.instagram.com/p/CWiYGLpruOQ/?utm_source=ig_web_button_share_sheet

Gugu salvou #50vidas com a doação de seus órgãos, e hoje, após dois anos de seu falecimento, convidamos você a fazer parte dessa grande corrente do bem.

Para participar, é muito simples. Escreva na palma da sua mão a 
#50vidas. Faça um video curto no reels mostrando a sua mão, se declarando como doador de órgãos ou mostrando seu apoio a campanha. Marque um amigo para continuar a corrente e a pagina @guguvive para repostarmos o seu vídeo. #GuguVive!


* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias