Evento em SC tem bandeira do Império, ataques e jornalistas hostilizados

De afirmações sobre ditadura a reclamações sobre a atuação do STF, houve espaço no evento conservador para propagandas que levam a marca de Jair Bolsonaro

08/07/2024 às 17h10
Por: Mário Almeida Fonte: O Povo
Compartilhe:
Evento em SC tem bandeira do Império, ataques e jornalistas hostilizados

O segundo dia da Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC Brasil), versão tropical da cúpula da direita que ocorreu no litoral catarinense durante o final de semana, teve lembranças à monarquia, ofensas a figuras da esquerda e ataque à imprensa.

De afirmações de que o País "vive uma ditadura" a reclamações sobre a atuação do Supremo Tribunal Federal (STF), houve espaço, entre um discurso e outro, para propagandas que levam a marca do ex-presidente Jair Bolsonaro, como a dos "Vinhos Bolsonaro", que tem como sócio um dos organizadores da CPAC, o seu filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Em seu discurso, o deputado gaúcho Tenente-Coronel Zucco falou sobre tragédia climática que acometeu o Rio Grande do Sul entre abril e junho deste ano. "Disputa irresponsável, por ego e protagonismo durante a tragédia", disse, apresentando em seguida imagens do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro Paulo Pimenta, titular da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul.

Continua após a publicidade

Com vídeos da tragédia, em que a mensagem "o povo pelo povo" foi ressaltada, em congruência com os discursos da direita de que não houve ajuda suficiente do governo federal aos atingidos pelas enchentes, o deputado chorou segurando uma bandeira do Estado e disse que "esse espírito de união" será necessário nas eleições municipais deste ano, para colocar o que chamou de "pessoas boas" nas prefeituras.

Zucco ainda afirmou que a maior missão do campo é "preparar a direita conservadora para o retorno em 2026". "Vamos ter a maioria do Senado para dar um basta ao STF. Chega! Chega de interferência", gritou, dizendo que Bolsonaro voltará à Presidência.

Continua após a publicidade

O STF também foi alvo do comentarista Adrilles Jorge, que atacou diretamente o ministro Alexandre de Moraes, a quem chamou de "ministro abusador".

O comentarista afirmou que o ministro está "usurpando a democracia" e disse que há uma "ditadura no Brasil".

Outro deputado que atacou o STF foi Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP), apresentado como tetraneto de Dom João Pedro II.

O parlamentar defendeu a criação de sete Poderes, ao invés de três, somando "chefe de Estado", "conselho de Estado", "soberania popular" e "federalismo" aos já existentes.

O parlamentar afirmou que o País vive em uma ditadura, teceu críticas ao STF e sugeriu que é preciso repensar os investimentos em educação, uma vez que a população está "parando de crescer". Após seu discurso, duas bandeiras do Brasil Império foram levadas ao palco.

Ele também defende uma nova constituição, dizendo que a atual foi alterada por "esquerdistas" e "corruptos", além de "globalistas" que teriam comprado "boa parte do Congresso Nacional".

 

Imprensa é hostilizada durante evento conservador

Antes da entrada do deputado, um dos apresentadores fez menção a uma confusão que ocorreu mais cedo. Uma jornalista, ao tentar entrar no evento, foi hostilizada e chamada de petista pelo público.

O apresentador disse que a profissional foi "muito bem recebida como vocês puderam ver, teve que sair escoltada, tadinha".

Durante o primeiro dia da cúpula, repórter do Estadão também foi hostilizado quando abordou a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e indagou sobre indiciamento de Jair Bolsonaro no caso das joias da Arábia Saudita.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itapagé, CE
20°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 29°

20° Sensação
1.08km/h Vento
90% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h46 Nascer do sol
05h41 Pôr do sol
Seg 29° 18°
Ter 29° 18°
Qua 30° 17°
Qui 28° 18°
Sex 30° 18°
Atualizado às 21h03
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 354,635,05 +6,98%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Lenium - Criar site de notícias