Terça, 07 de Dezembro de 2021
(85) 99236-2812
Educação Decreto

Decreto recomenda que escolas do Ceará funcionem normalmente no período de Carnaval

Decreto recomenda que escolas do Ceará funcionem normalmente no período de Carnaval

31/01/2021 11h09 Atualizada há 10 meses
Por: Mário Almeida
Decreto recomenda que escolas do Ceará funcionem normalmente no período de Carnaval

O novo decreto do Governo do Ceará, publicado neste sábado (30), recomendou às instituições de ensino para que funcionem normalmente no período de Carnaval, entre os próximos dias 15, 16 e 17 de fevereiro.

Na última quinta-feira (28), o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou que a recomendação atual de evitar a circulação de veículos entre a capital e o interior, durante o período de Carnaval, deve se transformar em norma, com a criação de um decreto específico para o período.

A medida é estudada para frear o aumento dos casos de Covid-19 no estado, como publicou o governador nas redes sociais.

"Ficou definido que o atual decreto será renovado, enquanto serão realizadas mais reuniões, durante a semana, para estabelecer novas medidas. Inclusive, com um decreto específico para o período do Carnaval, quando a recomendação atual de se evitar a circulação de veículos entre a capital e o interior deve se transformar em norma, além de outras providências", declarou o governador.

Embora haja a recomendação do Governo, o Sindicato de Educação da Livre Iniciativa do Ceará (Sinepe-CE) definiu, no último dia 12, a manutenção do feriado nas instituições particulares.

O Sinepe justificou que as datas de carnaval e cinzas são negociadas por meio de convenção coletiva e, por isso, manterão o feriado.

Para docentes de educação básica, ensino superior, cursos de idiomas, ensino profissionalizante e cursos livres, não haverá expediente na segunda, terça e quarta da semana de carnaval. Auxiliares administrativos têm direito às mesmas datas, mas com retorno ao trabalho após o meio-dia de quarta-feira.

Fonte: G1/CE
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias