Domingo, 28 de Novembro de 2021
(85) 99236-2812
Saúde Coronavac

Ceará recebeu mais de 145 mil doses com erro de envase; Apenas 3 mil delas foram distribuídas no Estado

Nesse final de semana, a Anvisa comunicou que o Butantã informou o erro sobre o envase das doses. Segundo a Agência, o imunizante foi envasado por uma empresa não autorizada pela reguladora.

05/09/2021 21h23
225
Por: Redação Fonte: Ceará Agora
Ceará recebeu mais de 145 mil doses com erro de envase; Apenas 3 mil delas foram distribuídas no Estado

Das mais de 12 milhões de doses da vacinas Coronavac barradas pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso, o Ceará recebeu 145.802 doses. Contudo, destas, apenas 3 mil foram distribuídas e somente para Fortaleza. O restante, ou seja, 142.802, estão na Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Estado (CEADIM), segundo nota emitida pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa).

Confira abaixo a nota, na íntegra:

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informa que recebeu duas remessas dos lotes de CoronaVac correspondentes à interdição cautelar da Anvisa. Apenas um dos lotes, com 3 mil doses, foi distribuído, e somente para Fortaleza. O outro lote, com 142.802 doses, está na Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Estado (Ceadim) e bloqueado para distribuição. A pasta iniciou rastreamento junto ao município e recomenda a suspensão imediata da aplicação dessas vacinas específicas. A Sesa aguarda orientações do Ministério da Saúde sobre quais procedimentos devem ser adotados com as pessoas que eventualmente receberam estes imunizantes. A pasta reforça ainda que está intensificando a checagem das próximas distribuições para evitar novos envios com as doses interditadas.

Assessoria de Comunicação da Sesa

Nesse final de semana, a Anvisa comunicou que o Butantã informou o erro sobre o envase das doses. Segundo a Agência, o imunizante foi envasado por uma empresa não autorizada pela reguladora.

A Anvisa emitiu uma nota informando a interdição cautelar dos lotes da vacina, proibindo a distribuição e o uso dos imunizantes que foram envasados em local não autorizado. O Butantã também emitiu uma nota afirmando que, apesar disso, “a medida da Anvisa não deve causar alarmismo”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias