Quinta, 21 de Outubro de 2021
(85) 99236-2812
Atitude nos Esportes Série B

Cruzeiro pressiona, tem gol anulado no fim e fica no empate com o Operário

Depois de muita confusão, árbitro anula gol que daria vitória ao time mineiro; goleiro Simão faz excelente partida

17/09/2021 12h30
18
Por: Wesley Martins Fonte: Globo Esporte
Cruzeiro pressiona, tem gol anulado no fim e fica no empate com o Operário

O Cruzeiro abriu o placar ainda no início da partida com Claudinho, depois de falha do lateral Fabiano, do Operário. O Fantasma empatou de pênalti, com Paulo Sérgio. Na etapa final, pressão celeste. Por diversas vezes, a Raposa chegou com perigo, mas parou no goleiro Simão, que fechou o gol. No minuto final, Marcelo Moreno marcou para o time mineiro, mas depois de consultar o VAR e mais de 10 minutos de paralisação, o árbitro anulou o gol alegando que o volante Marco Antônio dominou a bola com a mão.

Depois de marcar o gol no minuto final, o Cruzeiro foi da euforia à frustração com a anulação. A partida ficou parada em mais de 10 minutos para que o árbitro pudesse analisar as imagens do VAR. Depois de muita confusão em campo, o técnico Vanderlei Luxemburgo foi expulso e o Cruzeiro teve o gol anulado. A decisão da arbitragem gerou revolta nos jogadores e torcedores presentes na Arena do Jacaré.

Após o jogo, indignado com a anulação do gol que daria a vitória ao Cruzeiro, o presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, foi à rede social reclamar: "É assim mesmo, CBF, que vocês querem impedir a gente de subir? Absurdo", escreveu.

No segundo tempo, uma lata de cerveja foi arremessada no campo, o que pode prejudicar o clube mandante. O objeto foi entregue à equipe de arbitragem, que deve registrar o fato na súmula da partida. Logo após o objeto ter sido atirado no gramado, um princípio de confusão começou nas arquibancadas da Arena do Jacaré.

Mais uma vez, o Cruzeiro pôde ter a presença de torcedores nas arquibancadas da Arena do Jacaré. A novidade para a partida desta quinta-feira foi a autorização da venda de bebida álcoolica até o fim do intervalo. Apesar de todos os protocolos exigidos, muitos torcedores insistiram em ficar sem máscaras e desrespeitar as regras de distanciamento social.

Com o empate, o Operário se manteve na 9ª posição da tabela, com 34 pontos. Já o Cruzeiro ganhou uma posição, chegando a 12ª, com 30 pontos. No próximo domingo, a Raposa vai até o Rio de Janeiro encarar o Vasco, às 16h (de Brasília). Já o Operário, recebe a Ponte Preta, na outra quarta-feira, às 21h30.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias