Arquivos no Maracanã - FM Atitude

Wesley Martins13 de janeiro de 2021
87-1-.jpg

3min390

Resumão

O Ceará venceu o Flamengo neste domingo, no Maracanã, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Num jogo muito movimentado, o Vozão conseguiu o triunfo com muita competência no setor defensivo e aproveitando as investidas no campo de ataque. Os gols da partida foram marcados por Vina, aos 12 do primeiro tempo, e Kelvyn, aos 44 minutos da segunda etapa. O time rubro-negro voltou a ter dificuldade na criação das jogadas, perdeu boas oportunidades de gol e cedeu espaço aos contra-ataques do adversário.

Craque do jogo

O melhor jogador em campo foi responsável por marcar o primeiro gol e pela assistência do segundo da equipe do Ceará. Vina chegou aos nove gols no Campeonato Brasileiro em uma grande atuação contra o Flamengo no Maracanã.

Chances desperdiçadas

Apesar de mais uma atuação abaixo das expectativas, o time rubro-negro pressionou durante quase todo o segundo tempo e teve chances claras de gol desperdiçadas. As três prinicipais com Pedro. Em uma delas, um milagre do goleiro Richard para salvar, aos 23 minutos do segundo tempo. Nas outras duas, aos 21 e 27 da segunda etapa, o jogador errou finalizações que costuma colocar dentro da rede.

Como fica?

Com mais um tropeço do líder São Paulo, o Flamengo deixou de aproveitar mais uma oportunidade de se aproximar do topo da tabela. Com a derrota, a segunda seguida na competição, o time de Rogério Ceni permanece com 49 pontos, na quarta posição. O Ceará, com o resultado, chega a 39 pontos e se aproxima do pelotão de cima. Agora, o Vozão ocupa a nona colocação. O Fla tem agora sete dias sem jogos e volta a campo na segunda-feira (18/01), contra o Goiás, em Goiânia. O Ceará volta a campo no próximo domingo, no Castelão, contra o RB Bragantino.

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins28 de dezembro de 2020
51.jpg

2min630

Brenner resolve

Um ano depois da apagada passagem pelo Fluminense, Brenner deu neste sábado mais uma demonstração do ano mágico que vive no São Paulo. Com dois gols dele, agora com 22 na temporada, o Tricolor paulista venceu o Tricolor carioca por 2 a 1, no Maracanã, e voltou a ter sete pontos de vantagem para o segundo colocado no Campeonato Brasileiro.

Folga na ponta

O São Paulo soma 56 pontos contra 49 do Atlético-MG, novo vice-líder com a vitória sobre o Coritiba e o empate do Flamengo, agora terceiro também com 49, diante do Fortaleza. Na quarta-feira, o Tricolor recebe o Grêmio, às 21h30, no Morumbi, para decidir quem avança à final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, no dia 6 de janeiro, às 21h30, visita o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista.

Fluminense patina

O Fluminense perde a chance de entrar no G6 do Brasileirão e continua sem vencer sob o comando de Marcão (duas derrotas e um empate). O time permanece com 40 pontos, em sétimo, e volta a jogar apenas no dia 6 de janeiro, no clássico contra o Flamengo, às 21h30, no Maracanã.

Rei do Maracanã?

Jogar no Maracanã tem sido especial para Brenner. Foi o quinto gol dele no estádio em 2020. Ele fez três contra o Flamengo e agora dois no Fluminense. No Morumbi, são 12.

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins10 de dezembro de 2020
flu-e-atle-1280x720.png

5min460

A NOITE DO 11

A vitória do Fluminense sobre o Athlético-PR, na noite deste sábado, no Maracanã, tem nome: Marcos Paulo. Em sua melhor atuação na temporada, e talvez na carreira, o camisa 11 comandou o tricolor em campo e participou dos três gols na vitória por 3 a 1 que recolocou o clube no G4 do Campeonato Brasileiro: marcou dois golaços e deu a assistência para Nenê completar o placar. Leo Cittadini descontou para o Furacão.

OLÁ, G4!

A vitória sobre o Athlético-PR recolocou o Fluminense no G4 do Campeonato Brasileiro com 39 pontos. O Tricolor ultrapassou Palmeiras e Santos, que empataram na rodada. Mas ainda pode ser ultrapassado pelo Internacional, que enfrenta o Atlético-MG, fora de casa, neste domingo. Já o clube paranaense ocupa a 12ª posição com 28 pontos. O Furacão volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Atlético-MG em casa. Já o Flu vai a São Januário no domingo para encarar o clássico contra o Vasco.

90 MINUTOS

Foi um jogo com amplo domínio do Fluminense no Maracanã. O Athlético-PR pouco conseguiu chegar ao gol de Marcos Felipe durante todos os 90 minutos. Mas abriu o placar logo no começo com Léo Cittadini. Foi só um susto. O empate só não saiu minutos depois porque Santos defendeu o pênalti cobrado por Nenê. Mas o próprio camisa 77 empatou em seguida após boa jogada de Michel Araújo e assistência de Marcos Paulo. O que já estava difícil para o Furacão ficou ainda mais complicado com a expulsão de Thiago Heleno no primeiro tempo. Diante de um rival inoperante em campo, a pressão tricolor na etapa final foi grande. O gol e a vitória pareciam questão de tempo. Vieram mais dois, quase em sequência, e logo dois golaços de Marcos Paulo. No primeiro, ele chutou sem ângulo e surpreendeu Santos. No segundo, deu um tapa rasteiro no canto para fechar o placar no Maracanã.

NENÊ: GOL E PÊNALTI PERDIDO

Nenê voltou a marcar após quase dois meses, aproveitando assistência de Marcos Paulo. Seu último gol havia sido no dia 11 de outubro, contra o Bahia. Mas o camisa 77 também desperdiçou um pênalti no primeiro tempo. Aliás, foi o primeiro pênalti perdido pelo meia com a camisa do Fluminense após 11 cobranças convertidas em sequência. Seu último erro havia sido em 2018, ainda pelo São Paulo.

EXPULSÃO ATRAPALHA O FURACÃO

O Fluminense já era melhor antes da expulsão, mas não dá para negar que o cartão vermelho para Thiago Heleno aos 36 minutos do primeiro tempo complicou demais a vida do Athlético-PR no Maracanã. O zagueiro levou amarelo no lance do pênalti (mão dentro da área) e foi expulso após falta dura em Michel Araújo.

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins10 de dezembro de 2020
flamengo-e-botafopgo-1280x720.png

3min420

COMO FOI O JOGO?

Superior em campo, o Flamengo venceu o Botafogo por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Nilton Santos, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico foi decidido por Everton Ribeiro, aos nove minutos do segundo tempo, após erro na saída de bola de Marcinho. Com o resultado, a equipe de Rogério Ceni alcançou aos mesmos 42 pontos do que o vice-líder Atlético-MG e ficou a dois do líder São Paulo. As duas equipes, no entanto, ainda jogam no fim de semana. O Alvinegro, por sua vez, chegou ao oitavo jogo sem vencer – com 20 pontos, segue na penúltima colocação na tabela.

10 PARA CADA LADO

O clássico terminou com uma expulsão para cada lado. Primeiro, Victor Luis, aos 39 da segunda etapa, fez falta dura em Rodrigo Muniz e recebeu vermelho direto, complicando a situação que já estava difícil para o Botafogo. Mas não demorou muito para Gustavo Herique “retribuir a gentileza”. O zagueiro puxou a camisa de Lucas Campos, que entraria sozinho na área aos 43 minutos, e também foi expulso. Nadine Basttos, na Central do Apito, concordou com a arbitragem em ambos os lances.

AGENDA DAS EQUIPES

O Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, às 21h30 (de Brasília), em jogo adiado pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o Flamengo seguirá no Rio de Janeiro para receber o Santos, no Maracanã, no domingo da semana que vem. A partida está marcada para às 16h (de Brasília).

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins16 de novembro de 2020
flamengo-1280x606.png

3min400

Resumão

Flamengo e Atlético-GO empataram por 1 a 1 neste sábado, no Maracanã, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time goiano marcou forte a saída de bola do time da casa, que teve dificuldades para sair jogando na primeira etapa e não criou tantas chances, apesar da posse de bola. O gol rubro-negro foi marcado por Bruno Henrique, no fim do primeiro tempo. Aos 13 minutos da segunda parte, Chico venceu a zaga adversária e rolou para Zé Roberto empatar o placar. O Flamengo pressionou a partir daí, mas não conseguiu a vitória, apesar de grande chance perdida por Lincoln, aos 45 do segundo tempo.

Inacreditável

Neste Brasileirão, em algumas oportunidades, o Flamengo chegou ao gol da vitória nos últimos minutos da partida. Neste sábado este fato passou perto de ter se repetido. Não aconteceu graças a infelicidade de Lincoln aos 45 minutos do segundo tempo. Vitinho dá bom passe para Arrascaeta, que encontra Lincoln na pequena área, sem goleiro. O jovem atacante finaliza torto e sem força. A bola não entra no gol, até a defesa afastar.

Boa estreia no Dragão

Marcelo Cabo, treinador do Atlético-GO no principal título de sua história, a Série B de 2016, voltou ao comando do clube neste sábado, contra o Flamengo. Na reestreia, empate fora de casa contra o atual campeão.

Como fica?

Com o empate, o Flamengo ficou com 36 pontos, perdeu a chance de empatar em pontos com o líder Atlético-MG, caiu para a quarta colocação, e viu Palmeiras e Santos se aproximarem, estando ambos a apenas dois pontos do time rubro-negro. O Atlético-GO permaneceu na 14ª posição, com 24 pontos somados até aqui. O Fla volta a campo na próxima quarta-feira, contra o São Paulo, no Morumbi, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Dragão tem a semana cheia de treinamentos e só volta a campo na segunda-feira, dia 23, contra o Sport, pelo Brasileirão.

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins16 de novembro de 2020
fortaleza-1280x606.png

3min340

Não faltou emoção!

Fortaleza e São Paulo é sinônimo de jogão. No quarto encontro entre as equipes na temporada (dois também pela Copa do Brasil), o time paulista levou a melhor na noite deste sábado, no Castelão, pela 21ª rodada do Brasileirão, e venceu por 3 a 2, de virada. David e Wellington Paulista fizeram os gols dos donos da casa. Luciano, duas vezes, e Gabriel Sara fizeram os gol dos visitantes. O duelo ficou marcado também pela ação do VAR, que anulou um gol do Fortaleza e teve trabalho em revisões demoradas de outros gols da partida. O São Paulo, com três jogos a menos, está forte na briga pela liderança e agora soma 11 partidas de invencibilidade na competição. O Leão, por sua vez, acumula a quarta derrota seguida.

Como fica?

Com a vitória, o São Paulo foi a 36 pontos, dois a menos do que o novo líder Atlético-MG. O Tricolor paulista tem dois jogos a menos em relação ao Galo e três em relação à maioria. O Fortaleza, estacionado nos 24, segue em zona intermediária.

Próximos jogos

Pelo Campeonato Brasileiro, o Fortaleza volta a campo no domingo, dia 22, contra o Botafogo, às 18h15, no Rio de Janeiro. O São Paulo, por sua vez, joga no mesmo dia, mas às 16h, contra o Vasco, no Morumbi. Antes, o Tricolor paulista tem desafio contra o Flamengo, quarta-feira, às 21h30, também no Morumbi, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, no Maracanã, vitória por 2 a 1.

FONTE: ge (Globo Esporte)


Wesley Martins19 de outubro de 2020
flu-ceara-1280x753.png

4min290

Resumão

Fluminense e Ceará empataram por 2 a 2 neste sábado, no Maracanã, em partida da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor abriu o placar com Luiz Henrique, aos 12 minutos de jogo. Aos 41 no primeiro tempo, Hudson desviou cabeceio de Charles e colocou a bola contra o próprio gol, empatando para o Vozão. Na segunda etapa, a equipe cearense voltou melhor e conseguiu a virada com Vina, aproveitando falha de Digão. Aos 45 minutos da segunda etapa, Danilo Barcelos recebeu passe de Fred e finalizou para voltar a empatar a partida.

A bruxa tá solta!

No primeiro minuto da partida, Yago Felipe sentiu dores na coxa esquerda e teve que ser substituído. É o segundo jogo seguido que Odair gasta uma substituição já no início. Contra o Atlético-MG, na última quarta-feira, Fernando Pacheco também saiu lesionado no começo da partida.

  • Foi de quem?

    Aos 41 minutos do primeiro tempo, Charles desviou de cabeça, a bola bateu em Hudson e foi parar no gol. O volante do Ceará saiu comemorando, mas o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci disse que o gol deve ser marcado como contra do volante tricolor. No intervalo da partida, o quarto árbitro, perguntado sobre o autor do gol, afirmou que ainda não sabiam. O árbitro pode definir após a partida, na súmula.

  • Golaço não comemorado

    Aos 32 minutos do segundo tempo, Vina roubou bola de Digão, conduziu em velocidade, driblou Muriel e finalizou de perna esquerda para colocar o Ceará na frente no placar. Após a finalização, o jogador caiu no chão e sentiu dores no ombro. Ele não comemorou, mas seus companheiros sim. Os jogadores do Vozão se jogaram em cima do camisa 29, que se contorcia por conta das dores

Como fica?

Com o empate, o Fluminense desperdiça oportunidade de entrar no G-4 do Brasileirão. A equipe tricolor soma agora 26 pontos e ocupa a sexta colocação na tabela. O Ceará alcança 19 pontos na classificação e fica na 12ª posição, podendo ainda ser ultrapassado por três adversários na rodada. O Flu volta a campo no próximo domingo, contra o Santos, no Maracanã, enquanto o Vozão recebe o Coritiba no Castelão, no próximo sábado.

FONTE: ge (Globo Esporte)

 


Wesley Martins5 de outubro de 2020
flamengo-e.jpg

2min620

Resumão

O Flamengo venceu o Athletico-PR neste domingo, no Maracanã, em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram todos no segundo tempo. Aos 10 minutos, Pedro dominou uma bola muito difícil e finalizou com categoria para abrir o placar. Três minutos depois, Bruno Henrique cobrou pênalti para ampliar. Aos 21, Renato Kayser ensaiou uma reação para o Furacão, mas aos 31 minutos, Everton Ribeiro fechou o placar com um chute de fora da área.

Como ficam?

Com a vitória, o Flamengo chegou a 21 pontos e assumiu a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. O Athletico-PR se manteve com 14 pontos, ocupando a 11ª posição. Os cariocas enfrentam o Sport na próxima quarta-feira, também no Maracanã, enquanto o Furacão recebe o Ceará na próxima quinta, na Arena da Baixada.

FONTE: ge (Globo Esporte)



Atitude Empreendimentos



Nossas Redes Sociais


FALE CONOSCOCONTATO